Saber receber feedbacks, sejam positivos ou negativos, pode ser a chave para alcançar o sucesso.Isso porque, na maioria das vezes, temos dificuldades em analisar criticamente nossa rotina de trabalho, reconhecer quando uma tarefa está sendo bem feita, ou quando deixamos passar erros que um olhar externo apurado é capaz de observar melhor.

Quando recebemos feedback sem qualquer preconceito temos a oportunidade de rever nossa conduta profissional e alcançar melhores resultados.

É importante não levar feedbacks, especialmente os negativos, para o lado pessoal. Quando seu chefe diz, por exemplo, que seus projetos estão com atraso, provavelmente o objetivo não é criticá-lo, mas sim levá-lo a pensar no que pode ser feito para erradicar ou diminuir a taxa de atraso. Dessa forma, o feedback pode trazer benefícios como melhorar o desempenho profissional, ajudar a subir na carreira e até mesmo trazer inspiração para a vida pessoal, uma vez que muito do que aprendemos no trabalho pode ser aplicado em nossa rotina fora dele.    

Para receber bons feedbacks, é preciso também manter a mente aberta, sempre se lembrando de como eles podem ser relevantes para o desenvolvimento pessoal e profissional, além de aceitá-lo com humildade e disposição para mudar seu comportamento. Evite justificar os erros, focando apenas em planos de ação para que eles não voltem a ocorrer.

No entanto, é fundamental que os feedbacks sejam passados de forma prática e também cautelosa, para que não haja má-interpretação da situação. É recomendável que o avaliador se ponha no lugar da pessoa que vai receber o feedback, para escolher bem as palavras, explicar o porquê da avaliação e motivar o profissional a contornar a situação de uma maneira positiva.

Se em seu ambiente de trabalho a cultura de trocar feedbacks não é estimulada, vale a pena também tomar a iniciativa e pedir a colegas, gerentes, superiores, entre outros, essas avaliações tão valiosas.