Desenvolver um Networking, ou seja, uma rede de contatos e relacionamentos, principalmente profissionais, pode parecer difícil para quem está iniciando na carreira e ainda não conhece muitas pessoasnem teve muitas experiências. No entanto, esse é justamente um momento favorável a começar a tecer essa rede, já que é uma fase de novas vivências, em que o profissional costuma estar com a mente aberta. 
 
Como nenhum trabalho é realizado sozinho, criar uma rede forte e ativa é fundamental! Confira algumas dicas para praticar o networking: 
 
– Busque contato com profissionais de vários níveis e categorias 
 
Na hora de avaliar com quais pessoas manter contato, não pense apenas naquelas com cargos de chefia, com formação mais completa que a sua ou mais influentes. Profissionais juniores e até mesmo colegas de faculdade podem ser essenciais para trocar experiências da área, por estarem em momento semelhante ao seu.  
 
Além disso, é interessante manter contato também com pessoas de áreas diferentes, especialmente se possuírem uma relação com a que trabalha, como, por exemplo, arquitetura e design de interiores. 
 
– Aproveite os contatos da faculdade 
 
A faculdade é um período ótimo para iniciar seu networking. Seus colegas de classe futuramente estarão trabalhando em diversos lugares da área e quem sabe poderão lhe estender a mão. Seus professores também podem dar dicas sobre as primeiras experiências profissionais e recomendações. 
 
– Participe de eventos da sua área 
 
Palestras, workshops, debates, entre outros, são oportunidades de adquirir novos conhecimentos e também de estar em contato com pessoas que possuem afinidades semelhantes às suas. São bons momentos para vencer a timidez e aproveitar para trocar uma ideia com quem está sentado ao lado. Em algumas ocasiões, os palestrantes também ficam disponíveis ao final do evento para tirar dúvidas e compartilhar experiências. 
 
-Cuide da sua imagem na Internet 
 
Mantenha um perfil no Linkedin atualizado com suas experiências e currículo, para conectar-se com diversos profissionais. Essa rede social também é um bom lugar para compartilhar conteúdos relevantes que tenham a ver com sua carreira e desse modo aumentar sua visibilidade no meio.  
 
Vale lembrar que, além do Linkedin, algumas empresas verificam os perfis de candidatos em outras redes sociais antes de realizar uma contratação, por exemplo. Sendo assim, é válido manter cautela e maturidade no que decidir compartilhar ou expor. 
 
-Mantenha a rede ativa 
 
Para o networking ser mais eficiente, não se pode buscar as pessoas apenas para “fazer negócios” ou pedir favores. A base é um relacionamento, logo, é necessário manter contato com as pessoas com certa frequência, demonstrar interesse, curiosidade e entusiasmo pelos assuntos abordados. 
 
Outra dica é encontrar pessoalmente algumas das pessoas mais estratégicas da sua rede para criar um laço mais forte. 
 
Está pronto para começar sua rede?