O mercado de trabalho, cada dia mais exigente, busca profissionais capazes de trabalhar em equipe. Se você procura uma nova oportunidade e está atento às notícias, certamente sabe disso. Esta característica é tão valorizada porque representa uma garantia de que o funcionário será capaz de mostrar um bom rendimento interagindo com os colegas no mundo corporativo.

Se o seu emprego demanda bastante da troca em equipe e se você deseja melhorar suas “skills” nesse âmbito, atente-se que o sucesso no desempenho destas tarefas depende da empatia, educação e uso do bom senso. Antes de mais nada, é preciso saber o que pode ou não ser dito e feito.

Sendo assim, esteja atento aos comportamentos e atitudes que devem ser evitadas e que NÃO servirão de exemplo pra você:

 

Não estar disposto a trabalhar em equipe

Rejeitar se envolver e colaborar com os projetos realizados em equipe é indício de fracasso. Hoje, independentemente de seu cargo, é preciso saber trabalhar em equipe porque bons resultados não nascem de ações individuais. Participe e comprometa-se tendo em vista não só o seu sucesso, como também, o de toda a equipe. Esteja focado, planeje, cumpra metas e respeite prazos determinados.

Ser antipático ou fazer cara feia

Expressar empatia, educação e respeito aos colegas é algo simples e necessário para uma boa espontaneidade nos trabalhos em equipe. Atitudes como não cumprimentar os outros, não ser humilde, não oferecer ajuda, fazer fofoca e não mostrar o seu lado amigo fazem de você antipático e mal educado. Assim, você afastará as pessoas de você e desenvolverá um mau convívio com e entre os colaboradores. Não seja essa pessoa!

Evitar a formação de laços

Cultivar relacionamentos é importantíssimo para o dia a dia no trabalho e, principalmente, para conseguir construir um bom networking que servirá para encaminhá-lo às melhores oportunidades no futuro. Se abster disso pode atrasar significativamente o seu crescimento no mercado. Não feche as portas por onde passa!

Não ouvir ou ignorar a opinião dos outros

Escutar a todos estimula a participação e receptividade de novas ideias e soluções. Pessoas com mais ou com menos experiência devem receber a mesma forma de tratamento e respeito.  Não descarte opiniões por pré julgamentos, ou então, você será hostil. Colaboração é essencial, por isso, todas as sugestões devem ser escutadas e levadas em consideração.

Não respeitar as diferenças

Não é aceitável ou, ao menos, compreensível alguém que não queira contato com outro indivíduo apenas por ele ser diferente. A nossa sociedade é rica em diversidade, culturas e etnias. Todos devem ser respeitados e tratados como iguais. Não respeitar essas diferenças faz o colaborador atrapalhar o relacionamento das equipes, invadir limites dos colegas e a natureza do outro, tendendo a ficar de fora do progresso profissional.

Apontar os erros dos outros e não assumir os seus

Como de conhecimento geral, ninguém é perfeito. Colaborar com críticas construtivas é sempre bom, mas apontar o erro dos outros o tempo todo é péssimo para você e para eles. Antes de desvalorizar ou criticar o trabalho de outra pessoa, é preciso analisar a sua própria conduta e responsabilidade. E assim, se preciso, assumir os seus próprios equívocos com humildade e parceria.